Como Viajar Barato

Sem dúvidas um dos maiores aprendizados da minha viagem foi descobrir que existem diversas maneiras diferentes de como se viajar barato. Acredito que minha visão era como a do resto das pessoas, viajar barato significa: compartilhar quartos, escolher os restaurantes mais baratos, sempre preferir se locomover usando onibus/trens à aviões.

Bom, aqui tu vai encontrar minha nova visão sobre como viajar barato! Algumas das dicas aqui são de pessoas que conheci na estrada (como o americano que esta viajando a 2 anos sem dinheiro) e algumas delas são de experiência própria.

Nota: algumas dicas daqui são “mais úteis” se você tiver bastante tempo para viajar.

Viajar Barato: Nível Mendigagem

Esse estilo de viagem é extramemente hardcore e definitivamente pouquissimas pessoas vão utilizar dessas dicas mas acho importante é você saber que elas existem, que são opções válidas se as coisas de vai segui-la porém não se engane! Viajar sem conforto nenhum pode te proporcionar umas das melhores experiências da sua vida.

(Ilegal) Camping: Apesar de não ter feito, conheci diversos viajantes que simplesmente encontravam locais (afastados ou não da cidade) e acampavam lá. É um jeito extramemente barato, tendo em vista que uma barraca custa aproximadamente o preço de uma hospedagem em um hostel.
Não esqueça de checar o camping é contra a lei no país que você esta. Não é um grande problema ser pego acampando (pelo menos não na maioria dos países), normalmente eles vão pedir para tu vazar.

Dubster Diving: Essa é uma tecnica de procurar por comida no lixo. Sim, você esta lendo isso mesmo! Aqui tem uma página do Facebook sobre o assunto com mais de 15 mil curtidas.

Um exemplo excelente de como isso pode dar certo de forma “tranquila” é Da dupla de holandeses que conheci em Pua, eles acharam um engradado de vinho no lixo de um mercado (aparentemente os caras jogaram 5 garrafas fora pois a sexta tinha quebrado e manchado os outros rotulos)

Carona: Não ter dinheiro para se locomover não é desculpa para ficar no mesmo lugar, você pode ir para a beira da estrada com a sua mochila e pedir carona! E digo isso com gosto pois no nivel “Mendigo” de viajar, essa foi a única coisa que fiz.

Importante: pegar carona é menos perigoso do que você imagina e mais popular do que você acredita. Eu mesmo, peguei carona em mais de 9 países, cruzei diversas a fronteira a pé e nunca tive problema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *